sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

"Carurú"

O Carurú faz parte da cultura baiana e é encontrado em muitos restaurantes típico da Bahia; Pois faz parte do Folclore Brasileiro. Na maioria das residencias em Salvador, capital da Bahia onde moro, quase todos, no dia de sexta feira o prato por certo é o Carurú acompanhado de algum tipo de peixe de moqueca ou mesmo frango de Xinxim. E na minha casa não é diferente, faço carurú e acompanho com frango assado ou até mesmo uma moqueca de ovos com camarão seco que fica uma delícia. Mas vamos deixar de tralalá e ver logo a receita:



 Ingredientes:

1 kg. de quiabos cortados miúdinho ( corta-se o quiabo ao meio e depois no sentido de cruz, e aí as rodinhas, que fica bem pequeno os pedacinhos)

500 g. de cebola + 1 xícara de 250 ml. de azeite de dendê + 50 g. de castanha de cajú e 50 g. de amendoim torrado + 800 ml. de água + 1 colher se sopa de suco de limão (para tirar o efeito baboso do quiabo) + ( o sal voce acerta no final de tudo, pois o camarão é salgado + 400 g. de camarões secos e triturados no liquidificador

Obs: Atenção > Lave e retire os olhos e os rabinhos do camarão.

 
Em uma panela que possa caber uns 5 litros, voce ponhe a água e leva ao fogo até ferver. Agora ponha o quiabo cortadinho e o suco de limão, deixe cozinhar até o caroço do quiabo ficar rosado (isso quer dizer que já está no ponto), agora ponha a cebola, a castanha e amendoim batidos no liquidificador, junto com os camarões (agregue um pouco de água para facilitar bater) ( reserve alguns camarões para por inteiro ou mesmo enfeitar o prato, agora ponha o azeite e prove prá saber se precisa de sal, deixe cozinhar um pouco e tá pronto.


Voce poderá acompanhar o Carurú com Galinha cozida ou assada. Peixe frito, ou cozido, Camarões ou uma boa Mariscada. E também fica muito bom com sardinhas fritas ou moqueca de  Arraia etc...

OBS: O segredo do Carurú é por bastante cebola!
Nos  carurús de preceitos, conzinham-se 7 quiabos inteiros no meio dos cortados e depois servem-se os pratos com um quiabo inteiro a sete crianças. Coisas do Folclore Brasileiro.




 

20 comentários:

  1. Que delicia eu sou fã da vossa comida... fiquei a babar so de olhar.. que delicia Nina

    Beijocas

    Margarida

    ResponderExcluir
  2. Uma receita nova para mim,nunca vi camarões secos.Quando estive no Brasil achei a comida deliciosa,os restaurantes eram excelentes,ficamos muitas vezes tristes por não termos tempo suficiente para ir ao mesmo duas vezes.De certeza que este prato também é delicioso!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Como vc. é disposta!! Só comia caruru quando minha avó era viva. Isso faz mais de 20 anos.
    ela tb era baiana.
    bom final de semana. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nina!
    Não conhecia este prato mas tem um aspecto muito convidativo! Gostei!
    Bjs
    Paula

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca comi mas deve ser delicioso
    bom final de semana
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Nina, eu tinha uma vizinha que era de ITABUNA e n/ certo dia de S.Cosme e S.Damião, ela fez caruru e vatapá, foi aí que fiquei conhecendo os dois pratos.
    Amiga, vou te contar:
    MARAVILHOSOS!!!!!!!!

    Bjssssssss,e que teu FDS seja maravilhoso.
    Minha internet já começou com a frescura, afff.....

    ResponderExcluir
  7. em um ótimo aspeto. Gosto imenso que partilhes estas receitas típicas e tão diferentes ( pelo menos para mim).
    Bjs
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Quando passo pela Bahia sempre compro acarajé e um dos recheios é caruru, eu amo comida baiana e vatapá ai meu Deus que delícia! Acredita que nunca fiz vatapá apesar de gostar tanto? Vou tentar fazer agora na semana santa. Bjs querida Nina e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  9. Nina,
    nunca provei essa receita mas pela preparação ficou super deliciosa, arrasou! Belo prato!

    Beijos, bom fds!

    ResponderExcluir
  10. Nina adoro caruru, minha amiga fazia quando eu morava em São Paulo, pois amo quiabo e camaraoes, seu prato ficou linda. Gostei muito viu, deu água na boca uai. Hehehe. Beijinhos, ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  11. Olá Nina, eu comi caruru uma só vez que foi feito por uma amiga, achei muito saboroso!
    Beijos e ótimo fds,
    Oslaine

    ResponderExcluir
  12. Nina, realmente el plato es muy apetecible y aunque nunca comí "quiabo" por lo que se de él es muy rico y muy beneficioso para la salud y mezclado con todos esos ingredientes, tiene que ser una delicia.
    Un beso y buen fin de semana

    ResponderExcluir
  13. ♥╰☆╮(¯`♥´¯)♥╰☆╮
    Boa noite pra você!!

    Vim agradecer sua visita sempre
    carinhosa no meu Cantinho.
    Ficarei ausente por uns dias, por
    causa da saúde da minha Mãe
    Quando puder estarei de volta, deixo um abraço bem apertadinho
    Bjusss
    Rita!!!!
    ♥╰☆╮(¯`♥´¯)♥╰☆╮

    ResponderExcluir
  14. Amigas, estou sempre agradecida a todas voces, pelos comentários carinhosos, pela companhia que tanto me faz bem. Um beijo carinhoso em cada uma, com muita gratidão pelas palavras tão beneficas.

    ResponderExcluir
  15. Olá Nina, sabe que eu nunca provei caruru ou pelo menos não me lembro de ter comido. Na minha infância tínhamos um vizinha que era baiana e cozinhava maravilhosamente bem, aliás como toda baiana né? Quando ficávamos doentes lá vinha ela com suas comidinhas gostosas para nos "arribar" como dizia ela. Guardo muitas lembranças deliciosas das iguarias de "dona Inácia!.
    O seu caruru me deu água na boca e me fez lembrar um tempo maravilhoso que não volta mais.

    ResponderExcluir
  16. Nina, que pratinho delicioso,....
    Óptima sugestão!
    Beijinhos e bom fim-de-semana!
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  17. Eu amo a culinária baiana pq representa a cultura de um povo, além de ser muito rica. Senti saudades de comer vatapá, acarajé aiai
    Bjs, um ótimo fim-de-semana :-)

    ResponderExcluir
  18. Mais um prato que desconhecia! É por isso que gosto de passar por aqui!

    Beijinhos Nina;

    Aurea Sá

    ResponderExcluir

A vida se renova e nos traz motivação a cada dia! Em cada amanhecer uma esperança brota no horizonte! E eu me renovo a cada minuto!